Passo-a-passo para te ajudar a conversar sobre sexo com sua parceria


Conversar sobre sexo costuma ser difícil para a maior parte dos casais. O casal compartilha a casa, o dinheiro, os filhos e, também, seu corpo. Mas, quando chega a hora de falar ou mostrar algo na cama homens e mulheres podem ter grande dificuldade.


Acontece que se comunicar é fundamental. Casais que se comunicam bem, especialmente sobre sexualidade, tendem a ter menos conflitos em outras áreas da relação e também se sentem mais felizes e satisfeitos. Isso porque quando nos sentimos capazes de comunicar a auto estima aumenta. Quem ganha com isso? O casal sempre ganha.


Siga estas três dicas e comece hoje mesmo a ter uma relação íntima com mais conexão e prazer:



Comece fora da cama: Para começar é mais indicado que você abra espaços para falar sobre sexo, preliminares, gostos e preferências em momentos de carinho ou que vocês estejam relaxados e descontraídos. Muitas vezes quando se fala na hora do sexo, pode soar meio instrutivo demais, como uma ordem. Quando as pessoas estão sexualmente frustradas ficam arredias, agressivas e se retraem. Portanto, use os momentos antes e depois do sexo para conversar, não somente durante a relação.


Fale de forma positiva: Você pode começar se referindo a alguma experiência anterior, sempre no que foi positivo. Evite críticas. Ao invés de dizer algo como “Por que você vai direto aos meus seios?”, tente algo como “Adorei quando você beijou meu pescoço, se você me beijar sempre assim vou ficar subindo pelas paredes!”. Comece e termine sempre pelo positivo, mostre como você deseja ao invés de se concentrar em evitar o que você não gosta.


Use o corpo: A linguagem não verbal, ou seja, nosso jeito de comunicar sem as palavras, só com nosso corpo e postura é muito eficiente. Nosso corpo é nossa primeira língua: a gente aprende a se comunicar com o mundo pelos gestos, pelo olhar, pelas expressões e com as mãos antes mesmo de aprender a falar. Explore isso.


Procure ajuda especializada



Algumas vezes conseguimos avançar sozinhos, mas outras vezes uma ajuda é bem-vinda. Bloqueios em relação à sexualidade, que vem de uma educação rígida ou repressora e também da falta de informações confiáveis sobre sexo podem gerar insegurança e medo. Nestes casos, a ajuda de um profissional como o Psicólogo ou Psicanalista especialista em sexualidade pode ajudar.


Durante os atendimentos o psicólogo dará informações científicas e confiáveis sobre sexualidade, prazer sexual, o corpo do homem e da mulher. Também vai adaptar técnicas de comunicação verbal e não-verbal para cada caso e tipo de problema que o casal apresenta. Uma boa conexão emocional e sexual é possível, mas exige certo treino mesmo.


41 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo